Formação de Professor|Cultura Educacional |Educação E Blog

No princípio, este Blog seria sobre História, Educação, Arte, Ciência e Tecnlogia. Agora é qualquer coisa que a cabeça pensa, o coração sente e os dedos teclam na redondeza e que possa contribuir para a formação do professor no Brasil.

Universidade, Faculdade Ou Escola?

Filed Under Púlpito | Posted on Maio 4, 2008

Universidade, Faculdade Ou Escola?

ufg2.JPG

Quais são as formas de representação de uma Universidade sob a perspectiva dos seus alunos e alunas?

Esta é uma questão que me ocorreu recentemente quando eu ouvi uma aluna falar ao telefone, dizendo mais ou menos assim: “eu estou aqui na faculdade”. Faculdade ou Universidade?

Outra expressão representando também a Universidade é “escola”: “fulano foi para a escola”, querendo dizer que a pessoa foi para a Universidade.

Bom, estou me referindo à minha experiência de professor na UFG em Catalão – GO. Talvez por situar-se numa região do interior do país (Centro Oeste), ainda preserve representações das instituições do ensino superior como sendo um lugar de escolarização, não precisando diferenciar o grau desta escolarização.

ufg3.JPG

Universidade, Faculdade e Escola são a mesma coisa?

Escola vem do Grego scholé(σχολεῖον) que significa lugar do ócio. Na Grécia Antiga, as pessoas que dispunham de condições sócio-econômicas e tempo livre é que nela se reuniam para pensar e refletir.

Faculdade já é uma das denominações de Universidade. Por exemplo, numa Universidade podemos encontrar Faculdade de Direito, Medicina, Ciências Humanas e outras.

Universidade significa totalidade, reunião de Faculdades. Historicamente, especialmente no Brasil, a criação das primeiras Universidades vem da união de Escolas (de ensino superior) isoladas, ou Faculdades isoladas.

Voltemos ao ponto de partida, agora um pouco mais alimentados de informações online (para estas rápidas palavras foi consultado o site http://pt.wikipedia.org/wiki/P%C3%A1gina_principal para os termos que dão título a este post).

Por um lado, existe aqui um desconforto. Afinal, uma aluna de Universidade não saberia distinguir a diferença entre as três modalidades: Universidade, Faculdade e Escola? Mas este desconforto não é fruto de uma tendência pensante que poderia estar considerando os conceitos como algo estável, universal ou mesmo congelados no tempo? Ou seja, Universidade é uma coisa, Faculdade outra e Escola uma terceira coisa?

Neste sentido, a aluna com certeza estaria “atrasada”, “fora do padrão”, “desconectada” do mundo sócio educacional que está participando. Em resumo, ela não teria “sacado” o fio da meada estruturante e regularizador de uma instituição secular, que é a Universidade.

Por outro lado, penso que isto pode também revelar certa transgressão, talvez não tão consciente, mostrando um lado caótico e desqualificado pelo qual passa a graduação universitária no mundo contemporâneo. Existe na expressão utilizada pela aluna uma forma de ver a relação entre o indivíduo e a estrutura social (universitária, no caso) como algo necessário, porém distante. A Universidade seria um lugar de profissionalização, talvez prazeroso, talvez não.

ufg23.JPG

O fato é que numa Universidade podemos ter várias Escolas (de pensamento) e Faculdades (áreas de formação). Porém, mesmo assim, esta mistura de sentido revela algo instável: o abalo de uma tradição que tendia a localizar na Universidade o lugar do saber. Não que a Escola (ensino fundamental e médio) pudesse estar substituindo o papel da própria Universidade. Mas que a formação da pessoa extrapolou o muro da Escola (Universidade), indo se abrigar também na fábrica, na empresa, etc.

Mas não vamos fazer disto uma tempestade num copo de água. Consideremos também que esta é uma interpretação apressada, de momento. Mas convenhamos: a Universidade, enquanto instituição de saber e local de produção de cultura, está mudando. Para onde estamos indo?

Isto mostra também que não existe apenas um sentido para o termo Universidade, e nem mesmo para Escola ou Faculdade. Estamos vivendo múltiplas perspectivas de sentido. Seria isto realmente uma novidade? Acredito que não, pois depende de quem e como se está abrindo as páginas do passado. Mas esta é uma outra história.



Share This

Se voce eh novo(a) aqui, inscreva-se ao meu RSS feed. Obrigado pela visita!

4 Responses to “Universidade, Faculdade Ou Escola?”

  1. Marcos on Outubro 6th, 2010 14:56

    Obrigado pela sua gentileza em clarear de modo simples e muito didatico, até ludico, esta duvida muito comum….

  2. Amisse on Agosto 1st, 2012 21:36

    existe autonomia de aprendizagem do aluno nas universidades enquanto noutras instituicoes nao

  3. Amisse on Agosto 1st, 2012 21:38

    Gostei, muito desta apreciacao referente ao documento por favor enviem as informacoes que retrata do assunto.

  4. Marcos on Outubro 24th, 2012 1:25

    Obrigado pela explicação, então… usar o termo faculdade e escola seria o mesmo.
    Afinal… na escola se aprende e na faculdade também se estuda.

Deixe seu comentário




Close
E-mail It