Formação de Professor|Cultura Educacional |Educação E Blog

No princípio, este Blog seria sobre História, Educação, Arte, Ciência e Tecnlogia. Agora é qualquer coisa que a cabeça pensa, o coração sente e os dedos teclam na redondeza e que possa contribuir para a formação do professor no Brasil.

Entrevista Com Professores – Jenny Horta

Filed Under Entrevista com Professores | Posted on Fevereiro 8, 2008

eu.JPG

Ao lado, a professora Jenny Horta, quem nos concedeu esta estrevista.

1) Fale um pouco sobre você (de onde veio, onde trabalha, formação, etc)

Sou professora há 24 anos. Sempre trabalhei com ensino básico e pré escola. Sou mineira de BH, mas vim para Niterói com 7 anos e trabalhei em várias escolas particulares.

Em 1990 prestei concurso para a Prefeitura de Niterói, mas só fiquei 6 meses, pois meu marido foi trabalhar na região dos Lagos e como a oportunidade era financeiramente boa, optei por acompanha-lo e pedi exoneração. Infelizmente, os salários não seguram ninguém…

De 1990 a 1994 fiquei sem lecionar. Foi um período muito difícil, mas aproveitei para estudar informática e em 1995 comecei a trabalhar como “instrutora” de informática para crianças. Também aprendi design gráfico e trabalhava com material gráfico para empresas.

Mas o trabalho com informática e crianças se tornou minha paixão. Em 1998, voltei para Niterói e atualmente trabalho numa pequena escola, colocando em prática tudo que aprendo no grupo dos blogs educativos. Mantenho um Blog sobre esta expeiência: http://melhorart.blogspot.com

Vou recomeçar minha graduação em pedagogia no Cederj e pretendo me especializar em Informática Educativa. Acredito profundamente que as tecnologias podem ser um grande aliado do professor. Comprovo na prática essa teoria, pois tenho um filho de 5 anos que utiliza o computador desde os três e já está alfabetizado.

Trabalho com crianças de 3 a 10 anos, utilizo Linux Edubuntu e mantemos um blog na escola: http://escolaedificar.blogspot.com

2) Como você se tornou professor(a)?


Acho que já nasci professora. Adorava a escola. Estudei no Colégio Assunção da 1ª série ao pré-vestibular. Não era uma escola, era uma família. Lá me alfabetizei e me formei no Curso Pedagógico. O curso era á tarde e pela manhã fiz o segundo grau e o pré vestibular. Mas algo não foi muito bem: optei por cursar Serviço Social na UERJ.

Trabalhava numa escola o dia todo, época das Diretas Já, ponte Rio-Niterói, ônibus lotado em dia de jogo no Maracanã, quase não havia aula…só comício, o curso… Larguei o curso e continuei professora. Sou professora.
Isso foi em 1983. Me casei e continuei só trabalhando. Era o que gostava. Ser professora!

3) Como tem sido a sua experiência como docente?

Não me adaptei no serviço público. Não aceito interferencia política na educação… Infelizmente, não deu certo.

Acredito que agora o país vem passando por boas mudanças, talvez agora conseguisse. Gosto muito do trabalho comutário e acredito nas novas iniciativas neste sentido. É por aí que eu vou.
Mas só largo as crianças quando estiver bem velhinha…

4) Para você, quais são as mudanças significativas quem vem acontecendo na
educação brasileira nos últimos anos?

Com certeza as tecnologias vem transformando a prática pedagógica. Meu filho de 5 anos me ensina a usar recursos do celular e até do computador. É a chamada Aprendizagem colaborativa.
Não é utopia futurista. É realidade e a escola precisa se adaptar a ela. Tenho visto bons esforços nas políticas públicas. Acredito numa nova realidade. Fico impressionada com blogs de professores de muitas boas escolas públicas ou não. Aos poucos, vamos modificar terríveis estatísticas!

5) Como vê a educação no futuro próximo?

Minha resposta anterior já diz tudo. Acredito que as coisas estão caminhando para melhorar. É preciso conscientizar a população e valorizar o profissional. Os professores, quando se qualificam, adquirem consciencia de seu valor, isso não pode deixar de ocorrer com os salários. Os pais, quando recuperam sua cidadania, adquirem consciência para cobrar e colaborar com a escola de seu filho.


Quando um pai, por exemplo, acessa a internet e lá vê um blog com as atividades de seu filho na escola, ele consequentemente participa do processo, vê a escola como uma aliada na educação de seu filho, mas isso só se consegue com a formação da cidadania.



Share This

Se voce eh novo(a) aqui, inscreva-se ao meu RSS feed. Obrigado pela visita!

6 Responses to “Entrevista Com Professores – Jenny Horta”

  1. Vanessa dos Santos Nogueira on Fevereiro 8th, 2008 22:29

    Eu sou fã dessa professora!!!
    Ela realmente é apaixonada pela educação e está sempre diposta a ajudar e dividir com os outros o que sabe!

    Pessoas assim é que fazem a diferença nas nossas escolas!!!

  2. Fátima on Fevereiro 9th, 2008 18:42

    OI, Volney:
    parabéns pelas entrevistas. Assim como a Vanessa eu também sou fã da Jenny. Admiro a garra dela, a vontade de aprender sempre, o correr atrás do aprendizado e, principalmente, repassar tudo que aprende.
    Abs a vocês

  3. Wolney on Fevereiro 9th, 2008 19:25

    Oi Fátima e Vanessa, prazer em vê-las por aqui.

    A propósito, estas entrevistas serão objeto de discussão em minhas aulas de História da Educação este semestre na UFG-Catalão.

    E Fátima, aguardo a sua entrevista.

    Abraço!

  4. Cesar Brod on Março 8th, 2008 8:21

    Sou fã da Jenny! Agora que estou cursando uma cadeira de pedagogia em meu curso de Filosofia, tenho usado muito do material escrito por ela como referência. Ela consegue traduzir suas experiências em algo facilmente (e ouso dizer que deveria ser obrigatoriamente) replicável no uso pedagógico da tecnologia.

    Abração!

  5. elaine on Junho 27th, 2010 21:19

    olá, sou estudante de pedagogia, 4º semestre, preciso fazer uma entrevista com um professor de eja, primeiro seguimento, tem q estar atuando, vc ja deu aula pra EJA? preciso fazer essa semana, provas finais

    Por favor me responde por email.

    Desde ja agradeço.

    elaine

  6. Raimunda Maria da Cruz on Abril 19th, 2012 14:37

    Olá boa tarde!
    Sou acadêmica de pedagogia, cursando o 6º período e pesquisando para preparação de uma entrevista para os alunos da EJA, me deparei nesta página e foi de bom proveito para meu trabalho.
    Bjs… Ray

Deixe seu comentário




Close
E-mail It